O que os profissionais do marketing tradicional pensam sobre mídias sociais

Durante os primeiros anos das mídias sociais, especialistas questionavam a adequação das redes sociais nas estratégias tradicionais com os esforços de marketing de outras mídias, já que nas redes sociais os usuários dizem o que quiserem sobre as marcas, perdendo o controle sobre sua mensagem. O marketing tradicional busca controle sobre o conteúdo em torno da mensagem, mas a mídia social permite que qualquer um diz tudo o que eles quiserem sobre a marca.

Mas algum tempo já se passou e agora, em 2014, essa antiga preocupação já foi suplantada pela atenção em fazer o social marketing bem feito. Para isso, fundamental ter foco em:

# Manter um alto nível de audiência engajada, enquanto isso se sobrepõe a importância aos baixos índices de postagens negativas deslocadas. O que se pensa agora não é mais “será que eu devo”, mas sim, “como fazer”. Também estão preocupadas em reduzir o controle sobre a marca na mídia social e se concentram mais em sustentar um contínuo engajamento.

# 42.2% responderam que mídia social apresenta o engajamento.

# 11% aumentou o entendimento entre empresa e consumidores.

# 10% aumentou a lealdade com a marca.

#8% faz a empresa estar dentro do seu tempo.

O VP de conteúdo e entretenimento na Unvision Radio esclarece: “Nós procuramos aumentar o número de fãs e seguidores, mas ter mais fãs engajados”.

Caso de Estudo: Glamour

Glamour é uma revista, uma das marcas mais populares do Google+ com 2,5 milhões de fãs, descobriu que os usuários gastavam 6.8 bilhões em beleza, ao ano. Criou Hangouts com demostrações de produtos de beleza e reportagens em vídeo chats que levam ao canal do Youtube.

Tal formato possibilitou que o produto fizesse parte da história e tornou o conteúdo social que os anunciantes poderiam distribuir em seus próprios canais sociais.

Resultados: Em 30 dias os usuários que visualizaram a ação consumiram mais do que 300mil minutos, 12 milhões de impressões entre vídeos, anúncios de display e busca. Aprofundou o relacionamento entre ambos: leitores sociais e anúncios pagos.

O problema da estratégia

Para que uma ação de mídia social obtenha bons resultados não é só uma questão de escolher bem os canais sociais, ou as redes sociais propriamente ditas — Facebook, Twitter, Google+, só para ficar nos mais utilizados — e trabalhar o engajamento. Mais do que isso, é irrefutável que se saiba qual o objetivo que se tem em mente.

E veja que se fala em meta, no singular. O que significa identificar apenas UM propósito inicialmente. Pode-se desenvolver uma estratégia de consciência de marca, ou conquistar mais seguidores, ou conseguir um número mais significativo de fãs, ou obter mais vendas. Não se consegue tudo de uma só vez.

Identifique qual o alvo a ser alcançado, trace um plano de ações, ponha em prática, monitore, meça e escute seu público. Analise os números, redefina seu plano se for preciso e recomece.

A Mídia Social em 2014

A mídia social continua crescendo, atingindo uma cada vez maior audiência na web e os especialistas em marketing estão ocupados em captar como tirar a melhor vantagem de tudo isso.

As empresas estão abraçando a revolução do marketing social em benefício do que ela oferece: engajamento de marca, 24 horas por dia, 7 vezes por semana ter acesso ao sentimento do consumidor e a capacidade de levar lealdade aos consumidores e direcionar vendas.

Como resultado, a social mídia está se transformando numa significante parte da verba de marketing distribuindo-a em agências terceirizadas. Como os profissionais asseguram consistência da marca pela rede e campanhas digitais? Como é o staff e a organização de um time em uma área em crescimento? De onde a verba deveria vir e o quanto deveria ser gasto? Provavelmente e o mais importante de tudo: como o ROI pode ser medido e amarrado a outras métricas e programas?

De acordo com a Wild Fire, empresa especializada em social mídia adquirida pela Google e a Ad Age especialista em estratégia de conteúdo , realizaram um estudo exclusivo da mídia social e as mudanças no marketing, feito com mais de 500 executivos de diversos portes de empresas, cujas respostas correspondem a mais de 50% de companhias com 1bilhão ou mais de verba anual.

Interessante é que 16,5% dos entrevistados acreditam que suas empresas tem feito um excelente trabalho inovativo, enquanto 48% afirmaram que fazem um bom trabalho mas ainda não “chegaram lá”. 27% disseram que as iniciativas estão apenas começando.

O ponto em que estamos agora é que é mais uma questão do “por que” não apenas “pois todo mundo faz”, de acordo com Thom James, o social mídia responsável pela agência de comunicação Isobar. Ele acrescenta: “No início, todos se empolgaram com o novo brinquedo chamado mídia social”, quando ainda não havia muito peso dentro dos negócios “Vamos solucionar grandes mudanças nos negócios”.

O referido estudo será aprofundado nas postagens posteriores, acompanhe.

Principais Métricas Sociais

1- Crescimento de Fãs

A principal métrica para determinar a performance da mídia social.
Determina qual o conteúdo postado que mais afetou o crescimento.
Através dela, analisa o crescimento de fãs pelos dias da semana e hora do dia.
Monitorar o crescimento dos concorrentes. Gerar relatórios inteligentes que podem acelerar o crescimento de futuras campanhas.

2- Taxa de engajamento

Através do crescimento de fãs, monitorar a taxa de engajamento é crítico para a saúde da estratégia de mídia social. Através dela podemos descobrir que tipo de conteúdo os fãs encontram mais engajamento, a hora do dia e o dia da semana que sua audiência é mais engajada. É importante registrar o número de pessoas falando sobre sua marca ou produto. Sempre ficar de olho na taxa de engajamento dos concorrentes.

3- Influenciadores chave

Primeira coisa é identificar quem são eles, saber a data da última postagem chave, obter o número de vezes de comentários postados em um período de tempo determinado. Procurar por postagens e comentários específicos em que a influência foi feita.

Descobrir quem são seus influenciadores-chave é extremamente benéfico para construir relacionamentos que ajudam a defender sua marca, entendendo como criar o conteúdo que estes usuários-chave encontram mais engajamento.

4- Interações Sociais

Medir o número de interações sociais que ocorrem com sua marca ou a página de sua organização.

5- Taxa de resposta de postagem

O Marketing de Mídia Social está matando o marketing tradicional. Os usuários agora interagem diretamente com as marcas favoritas e afetam o desenvolvimento do futuro produto ou serviço.